Este consultório tem como objectivo informar, ajudar e orientar os seus utilizadores na área da sexualidade e planeamento familiar.

Envie-nos a sua questão!

As questões são respondidas online. Todos os dados fornecidos, incluíndo nome e contacto são omitidos e não são divulgados. Os nomes usados são fictícios.
Pesquisar neste blog
 
Temas

aborto

adesivo

adesivo contraceptivo

agradecimento

álcool

amamentação

análises/exames

anatomia/fisiologia

anel

anel contraceptivo

candidíase

ciclo menstrual

citologia

citomegalovírus

coito interrompido

colagem de embalagens

consulta de planeamento familiar

consulta ginecológica

consultório planeamento familiar

contracepção oral de emergência

corrimento

diarreia

diu

diu cobre

dor

drogas

efeitos secundários

encaminhamento

espermatozóides

esquecimentos na toma

feliz ano novo

gravidez

gripe a

hemorragia

hemorragia de privação

herpes

hiv/sida

hpv

implante

implante contraceptivo

infecções

infecções sexualmente transmissíveis

informações gerais

injectável

interacção medicamentosa

laqueação de trompas

legislação

medicação

menopausa

menstruação

método do calendário

métodos contraceptivos

métodos definitivos

outros temas

período fértil

pílula

prática sexual

preliminares

preservativo

relação sexual

saúde

seropositivo

sexo anal

sexo oral

situação de diarreia

spotting

teste de gravidez

toxoplasmose

vacina

vasectomia

vómito

todas as tags

Sexta-feira, 11 de Dezembro de 2009
Coito interrompido

Boa noite.
Estou preocupado com uma possível gravidez da minha namorada...
O facto é que a 16 de Novembro experimentámos um método diferente do habitual, o coito interrompido. Mal sabia eu que corria riscos. A verdade é que estava com um bocado de receio e a 24 de Novembro começei a fazer umas pesquisas, pesquisas essas que me assustaram verdadeiramente, onde falavam desde fluidos pré ejaculatórios e chegavam mesmo a dizer que 27 em cada 100 mulheres a usar este método engravidavam. Falei disto com ela e rapidamente se instalou o stress, mas fomos esperando. Stressados, mais eu do que ela, mas sei que ela também, e esperámos...
Ora, o período dela veio por volta do dia 30 de Outubro, desde então nunca mais veio. Deveria-o ter dia 30 de Novembro e não o teve.  Estamos a dia 10, ela já comprou dois testes um dos quais ela fez ontem à noite e deu negativo. O outro era supostamente para ter sido feito hoje de manhã mas ela não o fez com receio.
Ao inicio acreditava que o atraso se devesse ao stress, ansiedade e nervosismo que eu também lhe provoquei, mas cada vez começo a desmotivar mais e a ficar mais assustado. Tenho 18 anos, ainda quero tirar o meu curso e estabilizar a minha vida e ter uma criança agora era o maior erro da minha vida, mas não é essa a questão que quero abordar até porque com diálogo já se encaminharam as coisas em caso de ela estar realmente grávida, finalmente chegámos a um consenso. 
A questão que queria abordar era se tudo isto seria normal, se realmente ela poderiam ficar grávida não havendo ejaculação interna, e logo por azar à primeira vez que nós experimentávamos este método. Note-se que ela não toma a pílula. 
Bem, sintomas... ela sente os peitos inchados (normal antes do periodo), cansaço (normal devido às escassas horas de sono que ela tem), e grandes alterações de humor, para ser mais exacto, digo-vos que nunca a vi tão sensível. Na última semana não me lembro de qualquer dia que não lhe tenha posto lágrimas nos olhos, seja por boas razões ou por más, isto é algo que ela própria admite e lhe irrita, estar sensível.
Será isto tudo normal ?
Eu sei que deveria esperar por o resultado do segundo teste que ela fará amanha e só depois colocar este post para o tornar mais completo, mas também estou nervoso e gostava de saber a opinião de quem percebe do assunto.
Cumprimentos, Obrigado. 
 

Caro T.
A Equipa do Consultório de Planeamento Familiar agradece o seu contacto.
Relativamente à  sua questão, pode ocorrer uma gravidez, sempre que exista a possibilidade de entrarem espermatozóides dentro da vagina. Por exemplo, quando existe penetração com a ejaculação de esperma; ou também, na presença dos fluidos pré-ejaculatórios libertados pelo homem na fase de excitação. Numa relação sexual em que não existe penetração, mas em que se dá a libertação destes fluidos perto da vagina, é igualmente necessário ter cuidado, pois se escorrerem para dentro da vagina existe a probabilidade de resultar numa gravidez.
O coito interrompido consiste em retirar o pénis da vagina antes de ocorrer a ejaculação. É um método pouco eficaz para evitar uma gravidez porque os líquidos pré-ejaculatórios poderão conter espermatozóides e a mulher poderá engravidar se estiver no período fértil. Se a interrupção não acontecer no momento exacto, existe o risco de uma gravidez indesejada porque o esperma entrou ou ficou à entrada da vagina.
Para que estas situações não ocorram e o casal possa viver a sua sexualidade de forma segura, deve optar pela utilização de um método contraceptivo. Neste sentido, podem realizar uma consulta de planeamento familiar no centro de saúde e aconselharem-se sobre todos os métodos contraceptivos disponíveis.
Perante o facto de terem existido relações sexuais sem a utilização de um método contraceptivo, a sua namorada pode realizar um teste de gravidez, à urina, passado 3 semanas da relação sexual que consideram de risco. Somente passado este período de tempo, o resultado do teste é credível.
Esperamos ter esclarecido a sua questão, caso necessite ou fique ainda com alguma dúvida não hesite em voltar a contactar-nos.
Cumprimentos
A Equipa


publicado por APF às 22:13
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Comentários:
De Patricia a 6 de Fevereiro de 2010 às 22:16
Bom não sei se esse é o lugar certo
mais vou perguntar assim mesmo
espero que veja
fiz coito imterrompido em dezembro...
em dezembro a menstruação veio dia 1....
os dias que fiz...foram dia 5, 7 e 13 ou 14
meu ciclo é de 31 a 33 dias..as vezes até 35
mais sempre acima de 31
era pra vir em janeiro e veio dia 29 de dezembro, em janeiro veio dia 24 (ainda mais cedo)
e ontem dia 5 de fevereiro...me veio um corrimento marrom claro quase caramelo
ainda há chances de uma possível gravidez?
ou é só uma infecção ou algo do tipo?
desde já agradeço




De APF a 7 de Fevereiro de 2010 às 10:21
Cara Patrícia
A Equipa do Consultório de Planeamento Familiar agradece o seu contacto.
Deve ter em atenção se o corrimento que observou está isento de odor, comichão e ardor, porque podem ser sinais de uma infecção, devendo consultar o/a seu/sua médico/a assistente para que seja avaliada e aconselhada.
O primeiro sinal de uma gravidez é a ausência de menstruação. Caso fique muito ansiosa com a situação, pode fazer um teste de gravidez, à urina, 3 semanas após as relações sexuais consideradas de risco (ou seja dia 14).
Esperamos ter esclarecido a sua questão, caso necessite ou fique ainda com alguma dúvida não hesite em voltar a contactar-nos.
Cumprimentos
A Equipa



De Patricia a 7 de Fevereiro de 2010 às 11:19
bom
o corrimento tem cheiro de corrimento normal
é a mesma consintencia do corrimento branco...como uma pastinha só que marrom claro quase cor caramelo, e veio apenas pela manhã, não sinto dor nem nada mas fiquei preocupada pelo fato de ter uma conhecida que descubriu sua gravidez só por causa deste corrimento, pq nos dois primeiros meses a menstruação veio, sei que cada caso é um caso mais queria uma opinião, para saber se preciso fazer um teste ou não tem a menor possibilidade de ser uam gravidez


De APF a 7 de Fevereiro de 2010 às 17:34
Cara Patrícia
A Equipa do Consultório de Planeamento Familiar agradece de novo o seu contacto.
Relativamente ao corrimento, aconselhamo-la a ter uma consulta na área da ginecologia, a fim de ser avaliado a sua situação. Relativamente ao teste de gravidez, se pretende ficar tranquila relativamente à situação, deverá fazer um teste de gravidez, pois como referiu cada caso é um caso.
Caso necessite ou fique ainda com alguma dúvida não hesite em voltar a contactar-nos.
Cumprimentos
A Equipa


De Patricia a 7 de Fevereiro de 2010 às 18:26
obrigada
não veio mais corrimento algum
sei que são muitas perguntas
mas...pelo o que eu disse
você(no caso quem responde) acha que isto é caso de gravidez?
obrigada mais uma vez


De APF a 7 de Fevereiro de 2010 às 20:38
Cara Patrícia
A Equipa do Consultório de Planeamento Familiar agradece de novo o seu contacto.
Relativamente ao corrimento, e tal como referimos anteriormente, aconselhamo-la a realizar uma consulta da especialidade de ginecologia, a fim de ser avaliada a sua situação. Relativamente ao teste de gravidez, pode realizá-lo 3 semanas após as relações sexuais consideradas de risco, isto para que fique mais descansada, pois não lhe sabemos dizer se é caso de gravidez ou não. Quando uma mulher engravida pode ter determinados sinais e sintomas imediatos, outras mulheres não.
Esperamos ter esclarecido a sua questão, caso necessite ou fique ainda alguma dúvida não hesite em voltar a contactar-nos.
Cumprimentos
A Equipa


De Patricia a 7 de Fevereiro de 2010 às 19:37
só mais uma duvida
introduzindo o dedo na vagina
posso sentir como se fosse um conezinhu
meio duro
e fechado
é norma?


De APF a 7 de Fevereiro de 2010 às 22:50
Cara Patrícia
A Equipa do Consultório de Planeamento Familiar agradece novamente o seu contacto.
Lamentamos mas não é perceptível a sua questão, daí não nos ser possível dar qualquer tipo de resposta.
Somente através de uma observação ginecológica é que é possível observar se tem alguma infecção, se está grávida ou se está tudo bem. Neste sentido, aconselhamo-la de novo a ir a uma consulta de ginecologia.
Cumprimentos
A Equipa


De Ines a 7 de Março de 2010 às 14:47
Boa tarde, tenho uma duvida que me anda a atormentar, tenho uma vida sexual activa, e utilizo sempre o metodo do coito interrompido, no mes passado a menstruaçao apareceu mas so durou dois dias e no terceiro dia era so como que um fluido acastanhado, isto deu-se netre o dia 12 e 14 de fervereiro. A questao é a seguinte, durante este intervalo o meu corrimento aumentou de fluxo tenho tido dores abdominais intensas alguns enjoos esporadicos principalmente quando ando de carro e sai um liquido parecido com colostro do meu mamilo esquerdo, mas em muito pequena quantidade, pelas contas ainda me faltaria uma semana para vir a menstruaçao(ou mais) e as dores abdominais ja apareceram a 4 dias bem como o inchaço... Poderei estar gravida?


De APF a 7 de Março de 2010 às 17:38
Cara Inês
A Equipa do Consultório de Planeamento Familiar agradece o seu contacto.
Pela situação que descreve, existe a probabilidade de poder ocorrer uma gravidez, uma vez que não utiliza um método contraceptivo eficaz. O coito interrompido consiste em retirar o pénis da vagina antes de ocorrer a ejaculação. É um método pouco eficaz para evitar uma gravidez porque os líquidos pré-ejaculatórios poderão conter espermatozóides e a mulher poderá engravidar se estiver no período fértil. Se a interrupção não acontecer no momento exacto, existe o risco de uma gravidez indesejada porque o esperma pode entrar ou ficar na entrada da vagina. Uma gravidez pode ocorrer sempre que exista a possibilidade de entrarem espermatozóides dentro da vagina, por exemplo, quando existe penetração com a ejaculação de esperma; ou também, na presença dos fluidos pré-ejaculatórios libertados pelo homem na fase de excitação. Mesmo numa relação sexual em que não existe penetração, mas em que se dá a libertação destes fluidos perto da vagina, é igualmente necessário ter cuidado, pois se escorrerem para dentro da vagina existe a probabilidade de resultar numa gravidez. Para que estas situações não ocorram e o casal possa viver a sua sexualidade de forma segura, deve optar pela utilização de um método contraceptivo. Pode realizar uma consulta de planeamento familiar no centro de saúde e aconselhar-se sobre todos os métodos contraceptivos disponíveis. Perante o facto de terem existido relações sexuais sem a utilização de um método contraceptivo, pode realizar um teste de gravidez, à urina, passado 3 semanas última da relação sexual.
Esperamos ter esclarecido a sua questão, caso necessite ou fique ainda com alguma dúvida não hesite em voltar a contactar-nos.
Cumprimentos
A Equipa


De angela a 3 de Abril de 2010 às 12:02
Olá,gostaria de saber se posso fazer uma histerectomia sem ter um cancro?A quem posso recorrer?obg


De APF a 6 de Abril de 2010 às 11:34
Cara Ângela
A Equipa do Consultório de Planeamento Familiar agradece o seu contacto.
Relativamente à questão que nos coloca, se deseja fazer a laqueação de trompas deverá falar com o/a médico/a que a acompanha ao nível ginecológico, devendo ser uma decisão ponderada e informada e não é necessário ter problemas de saúde para optar por este método contraceptivo.
Segundo a Lei n.º 3/84, 24 de Março - Educação Sexual e Planeamento Familiar, a esterilização voluntária só pode ser praticada por maiores de 25 anos, mediante declaração escrita devidamente assinada, contendo a inequívoca manifestação de vontade de que desejam submeter-se à necessária intervenção e a menção de que foram informados sobre as consequências da mesma, bem como a identidade e a assinatura do médico solicitado a intervir. A exigência do limite de idade constante é dispensada nos casos em que a esterilização é determinada por razões de ordem terapêutica.
Esperamos ter esclarecido a sua questão, caso necessite ou fique ainda com alguma dúvida não hesite em voltar a contactar-nos.
Cumprimentos
A Equipa


De Marcio a 23 de Abril de 2010 às 14:06
Olá!
Minha namorada toma anticoncepcional Diane 35 corretamente. Porém, com medo de uma gravidez eu sempre pratico coito interrompido. Gostaria de saber a eficácia em porcentagem tanto do Diane como do método coito interrompido. Quais as chances de gravides com o liquido que sai nas preliminares caso o metodo contraceptivo falhe?
Obrigada


De Nuno a 12 de Novembro de 2010 às 19:01
A minha dúvida é a seguinte, eu tive um caso " One night Stand " com uma amiga minha, e não usei preservativo. Houve penetração mas não tive ejaculação. Agora estou super preocupado com duas questões, se pode a vir a acontecer uma possível gravidez e também no que toca a doenças, quais os testes que eu devo fazer para ver se está tudo bem, e também os testes que ela deve fazer ?
São estas as minhas questões, Obrigado e Cumprimentos para toda a Associação.


De Vannessa a 24 de Fevereiro de 2011 às 22:01
Boa Noite !
Uso Diane 35 há vários meses, e eu e o meu desde sempre parceiro gostaríamos de viver uma vida sexual normal... Será que tomando a pílula regularmente posso engravidar?? Ou tenho de fazer coito interrompido sempre ?? Gostaria que me prestasse algum conhecimento pff !
Atenciosamente ~
Obrigado


De Lulis a 29 de Dezembro de 2011 às 22:01
boa tarde equipe

estou gravida de 16 e 5 dias semanas hoje 29/12,gostaria de saber a data que fiquei gravida no dia 16 de setembro tive uma relação que só ouve uma penetração muito rapida sem ejaculação no dia 18 de setembro tive um relação com ejaculação dentro da vagina e no dia 24 de setembro tive uma relação um pouco mais demorada tbm mais rapida sem ejacualção qual data que eu engravidei.
aguardo retorno.


De Jéssica dos Santos Dias da Silva a 14 de Dezembro de 2012 às 17:44
Fiquei quase 2 anos sem menstruar por causa da injeção contracep,depois fiquei 2 meses sem tomar nenhum anticoncepcional,agora estou tomando ciclo 21,a primeira cartela iniciou no dia: 06/11
e terminou dia 26/11
a segunda cartela começou no dia: 04/12
Minha menstruação veio nos dias: 03-04-05 de dezembro,minha menstruação sempre ficou 7 dias e era forte e dessa vez só ficou 3 dias e foi fraca,mas meu médico disse que pelo tempo que fiquei sem menstruar deveria vim forte,mas a minha dúvida é estou saindo com uma pessoa que fez vasectomia há 4 meses e estamos fazendo também o coito interrompido,no meu caso ainda é possível uma gravidez,pois estou sentindo tontura,quando começo a comer fico enjoada e as vezes fico com muito sono,é possível uma gravidez?
Há outra coisa quando começo a tomar o anticoncepcional fico com escorrimento meio amarelado da cor do remédio,sem cheiro com aspecto de clara de ovo,e quando vem a pausa do remédio não sai nada,isso também é normal?

Meu email é: sany-carente@hotmail.com


Comentar post

Dra. Fátima Palma
Ginecologista e Obstetra, Maternidade Dr. Alfredo da Costa

Posts recentes

Esquecimento na toma da P...

Relacionamento Sexual

Interacção Medicamentosa

Métodos Contraceptivos

Métodos Contraceptivos

Métodos Contraceptivos

Anatomia/Fisiologia

Interacção medicamentosa

Interrupção da toma da pí...

Pílula contraceptiva e he...

Arquivos

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

blogs SAPO
Subscrever feeds