Este consultório tem como objectivo informar, ajudar e orientar os seus utilizadores na área da sexualidade e planeamento familiar.

Envie-nos a sua questão!

As questões são respondidas online. Todos os dados fornecidos, incluíndo nome e contacto são omitidos e não são divulgados. Os nomes usados são fictícios.
Pesquisar neste blog
 
Temas

aborto

adesivo

adesivo contraceptivo

agradecimento

álcool

amamentação

análises/exames

anatomia/fisiologia

anel

anel contraceptivo

candidíase

ciclo menstrual

citologia

citomegalovírus

coito interrompido

colagem de embalagens

consulta de planeamento familiar

consulta ginecológica

consultório planeamento familiar

contracepção oral de emergência

corrimento

diarreia

diu

diu cobre

dor

drogas

efeitos secundários

encaminhamento

espermatozóides

esquecimentos na toma

feliz ano novo

gravidez

gripe a

hemorragia

hemorragia de privação

herpes

hiv/sida

hpv

implante

implante contraceptivo

infecções

infecções sexualmente transmissíveis

informações gerais

injectável

interacção medicamentosa

laqueação de trompas

legislação

medicação

menopausa

menstruação

método do calendário

métodos contraceptivos

métodos definitivos

outros temas

período fértil

pílula

prática sexual

preliminares

preservativo

relação sexual

saúde

seropositivo

sexo anal

sexo oral

situação de diarreia

spotting

teste de gravidez

toxoplasmose

vacina

vasectomia

vómito

todas as tags

Terça-feira, 30 de Março de 2010
Interrupção na toma da pílula contraceptiva

Boa tarde Dr.ª Fátima, Sigo o Consultório de Planeamento Familiar presente nos blogs do Sapo, para além do de Sexologia, os quais acho bastante interessantes e elucidativos. Continuem com o óptimo trabalho! Aqui vai a minha dúvida: tomo a pílula Diane 35 há quase 6 anos (desde Outubro de 2004) e, entretanto, decidi fazer uma pausa no início de Fevereiro. Terminei a embalagem, passado 4 dias tive o período e não comprei nenhuma entretanto. Comecei, desde logo, a ter a pele com borbulhas pequenas, a senti-la mais oleosa... Fui ao ginecologista que aconselhou a tomar mal voltasse a menstruação. Só conversámos sobre o assunto. Acontece que desde então, e estamos a 29 de Março, ainda não veio o período. Não tive qualquer relação sexual (não tenho namorado, de momento), daí não correr risco de gravidez. Sinto a barriga algo inchada e tive, também, uma infecção urinária mal terminou o período. Li já que as pausas das pílulas podem levar a infecções urinárias, pois a menstruação fica algo desregulada - não sei se será verdade se não. Estou um pouco preocupada, pois quero retomar a pílula o quanto antes - não só pois tenho problemas de acne, como queria acertar a vinda da menstruação. Não sei que tipo de informação deva acrescentar... Durante estes quase 6 anos não fiz pausas, sempre fui certinha (1, 2 dias de atrasos na retoma/toma, nada de demais). O que poderá ser? Ando um pouco preocupada com trabalho e situações familiares, mas daí a atrasar mais de 1 mês...? Tenho 25 anos e faço uma alimentação regular, para além de praticar ginástica. Estou a pensar ir ao médico ginecologista no final desta semana, caso a menstruação não regresse. Agradeço, antes de mais, a atenção dispensada. Cumprimentos

Cara R.

A Equipa do Consultório de Planeamento Familiar agradece o seu contacto e a sua preferência pelos Consultórios do SAPO.

A Dra. Fátima Palma colabora neste consultório como médica ginecologista/obstetra, no entanto este consultório é gerido por uma equipa especializada na área da Saúde Sexual e reprodutiva.

A pílula contraceptiva é um medicamento e como tal deve ser prescrito e acompanhado medicamente, assim somente deverá interromper a sua toma por indicação médica, isto para evitar situações de risco. O facto de ainda não ter tido a sua menstruação é um processo natural, uma vez que interrompeu a toma da pílula e o organismo leva algum tempo a regularizar-se ao voltar ao seu ciclo menstrual natural. É aconselhável que inicie novamente a toma da pílula quando lhe surgir a menstruação, isto é, no 1º dia. Se não ocorreram relações sexuais desprotegidas não existe motivos para estar preocupada em relação a uma eventual gravidez e os sintomas que está a ter são naturais. As infecções urinárias têm várias causas, daí não nos ser possível prever sem uma avaliação médica qual o motivo pelo qual a teve. A pílula é um método contraceptivo bastante eficaz, desde que seja tomada de forma regular e correcta, ou seja, deve ser tomada todos os dias à mesma hora (não ultrapassar a margem de 12h da hora habitual), ter cuidado com a toma de medicamentos que possam diminuir a sua eficácia contraceptiva e vice-versa; também com as situações de vómitos e/ou diarreia nas 4 horas a seguir à toma habitual da pílula. Se agir em conformidade com estas indicações, estará protegida relativamente a uma gravidez, no entanto não deve existir atrasos no inicio de novas embalagens, assim como atrasos superiores a 12 horas, pois irão colocar em causa a eficácia contraceptiva da pílula e desregular o ciclo hormonal. O estado de ansiedade e preocupação também são factores que podem levar a que a menstruação se atrase, assim converse com o seu médico sobre esta situação. Esperamos ter esclarecido a sua questão, caso necessite ou fique ainda com alguma dúvida não hesite em voltar a contactar-nos.

Cumprimentos

 A Equipa



publicado por APF às 18:05
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Dra. Fátima Palma
Ginecologista e Obstetra, Maternidade Dr. Alfredo da Costa

Posts recentes

Esquecimento na toma da P...

Relacionamento Sexual

Interacção Medicamentosa

Métodos Contraceptivos

Métodos Contraceptivos

Métodos Contraceptivos

Anatomia/Fisiologia

Interacção medicamentosa

Interrupção da toma da pí...

Pílula contraceptiva e he...

Arquivos

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

blogs SAPO
Subscrever feeds