Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Consultório de Planeamento Familiar

Este consultório tem como objectivo informar, ajudar e orientar os seus utilizadores na área da sexualidade e planeamento familiar.

Consultório de Planeamento Familiar

Este consultório tem como objectivo informar, ajudar e orientar os seus utilizadores na área da sexualidade e planeamento familiar.

Interacção medicamentosa

20.01.10, APF

Boa tarde.
A minha namorada toma a pílula minigeste desde Novembro, não teve esquecimentos e tomou-a todos os dias à mesma hora, com uma diferença máxima de 30/40 minutos em algumas ocasiões em que teve de tomar antes ou depois da hora habitual, 22:00h, nada de preocupante até aqui.
Na semana passada, quinta-feira, tivémos relações sexuais. No último fim de semana, ela começou a adoecer (amigdalite), mas apenas esta tarde foi vista por um médico, que receitou Clamoxyl e nimed. Já me informei e li em várias páginas da web que este antibiótico anula o efeito de qualquer pílula. Também revi a bula da embalagem de minigeste e verifiquei que há risco de engravidar se houver um esquecimento até 7 dias depois de ter relações sexuais sem qualquer outro tipo de método contraceptivo.
Neste momento, estamos preocupados com a toma deste antibiótico, pois, se o efeito da pílula for anulado, equivale a um esquecimento, certo?
Mas já passaram quase 7 dias, estamos no sexto dia após a última relação e não sabemos o que fazer. Estamos preocupados com os possíveis riscos de gravidez, pois somos novos e apenas os meus pais aceitam e sabem que ela toma a pílula.
Também não temos nenhum médico a quem recorrer, neste momento. Estamos com pressa, pois é suposto ela começar a tomar hoje o antibiótico.
Há risco de engravidar nestas condições?
 

Caro D.
A Equipa do Consultório de Planeamento Familiar agradece o seu contacto.
Na realidade o medicamento Clamoxyl interfere com a eficácia contraceptiva da pílula, comprometendo assim o seu efeito. No entanto, quando se inicia a toma de um medicamento que interfere deverá ser verificado se nos 3 dias anteriores ao seu inicio houve relações sexuais sem a utilização de outro método contraceptivo. Pelo que descreve já passaram mais de 3 dias desde a última relação sexual, logo não existe qualquer risco da sua namorada engravidar desde que a toma da pílula tenha sido regular e correcta.
Agora durante toma a toma do medicamento, caso tenham relações sexuais, devem utilizar em simultâneo o preservativo e após o seu término devem continuar a utilizá-lo até perfazer 7 tomas consecutivas da pílula. Somente a partir da 8ª toma correcta e regular é que a pílula retoma a sua eficácia contraceptiva.
A sua namorada deve continuar a tomar a pílula como habitualmente e iniciar a toma do medicamento. Relativamente à hemorragia de privação, pode surgir algumas alterações visto que se encontra doente e a tomar medicação, mas não existe motivos para ficarem preocupados pois é uma situação natural de acontecer.
Esperamos ter esclarecido a sua questão, caso necessite ou fique ainda com alguma dúvida não hesite em voltar a contactar-nos.
Cumprimentos
A Equipa  
 

1 comentário

Comentar post