Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Consultório de Planeamento Familiar

Este consultório tem como objectivo informar, ajudar e orientar os seus utilizadores na área da sexualidade e planeamento familiar.

Consultório de Planeamento Familiar

Este consultório tem como objectivo informar, ajudar e orientar os seus utilizadores na área da sexualidade e planeamento familiar.

Pílula

28.08.09, APF

Boa Noite.
Tenho 18 anos e nunca fui à ginecologista, no entendo decide marcar uma consulta pois o meu período menstrual vem sempre com muito fluxo e cada mês que passa tenho mais dores, disseram me que provavelmente a ginecologista me receitaria uma pílula o que era bom pois sou sexualmente activa e isso traria me mais segurança, no entanto o meu namorado não quer que eu tome a pílula pois tem medo que eu engorde visto que a minha irmã, que tem a mesma constituição física que eu quando começou a tomar a pílula engordou imenso. 
Gostaria de saber se corro o mesmo risco visto que já passaram 17 anos desde que a minha imã começou a tomar a pílula e a medicina está em constante evolução. 
Obrigada pela vossa atenção, 
Sara 
 

Cara Sara
Relativamente à  sua questão, informamos que a pílula é um medicamento, e os medicamentos são prescritos pelo/a médico/a de família ou outro/a técnico/a de saúde credenciado/a para o efeito. Como existem diversas pílulas em circulação no mercado nacional, deve ser o/a médico/a de família, ou outro/a técnico/a de saúde, a prescrever a pílula mais adequada a cada história clínica. 
O que varia de marca para marca de pílula é a sua dosagem e seus componentes. As pílulas de baixa dosagem, as mais recentes no mercado, devido ao seu reduzido teor de estrogénios, reduzem a incidência de efeitos colaterais de natureza estrogénica, ou seja, os efeitos secundários indesejados pelas mulheres (tensão mamária, náuseas, cefaleias, irritabilidade, peso).
O facto de a sua irmã ter sofrido um aumento de peso devido à toma da pílula, não significa que o mesmo aconteça consigo, até porque o aumento de peso depende de cada organismo e da sua adaptação à toma da pílula. 
Assim, aconselhamos que faça a consulta que tem planeada com a sua ginecologista e peça também a sua opinião sobre este assunto.
Cumprimentos
A equipa

4 comentários

  • Imagem de perfil

    APF

    31.08.09

    Cara Moira
    A Equipa do consultório de Planeamento Familiar agradece o seu contacto e informa que a sua questão não será colocada na nossa página.
    Quando existe um esquecimento superior a 12 horas na toma da pílula, na primeira semana (do 1º ao 7º comprimido) a eficácia contraceptiva fica comprometida. Na informação que nos facultou não refere se o esquecimento foi superior a 12 horas, da hora habitual de toma.
    A relação sexual que teve pode comportar algum risco, uma vez que estaria desprotegida pela sua pílula. Neste caso, poderia ter recorrido à Contracepção Oral de Emergência.
    Relativamente à toma da sua pílula, se a continuou a tomar sem mais esquecimentos e utilizou o preservativo nos 7 dias seguintes, a eficácia contraceptiva foi reposta, ficando novamente protegida relativamente a uma gravidez.
    Para saber se ocorreu uma gravidez, e para que exista um resultado credível, pode realizar um teste à urina passado 3 semanas da relação sexual que considera de risco.
    Esperamos ter esclarecido a sua questão, caso necessite ou fique ainda alguma dúvida não hesite em voltar a contactar-nos.
    Cumprimentos
    A equipa
  • Sem imagem de perfil

    Morena

    31.08.09

    Boa tarde
    Outra questão que gostaria de colocar prende-se com o facto de poder ter sido contaminada com o HIV.
    Neste último ano não tive qq tipo de relaçoes sexuais, tendo feito o rastreio quer através do CAD quer através de análise clinica que deu um resultado negativo. (ano de 2008).
    Aquando da relação que tive a 16.08.09 e que o preservativo se rompeu, entrei em pânico e acabei por ir ai CAD realizar um teste que se tivesse havido relaçao sexual seria fidedigno até Maio deste ano. Assim como não houve período de janela de 90, porque não tive qualquer relação até ao dia 15.08.09, o resultado efectuado a 28.08.09, deu negativo. A relação foi algo estranha e acabou num curto periodo de tempo. Levou talvez uns 15 minutos. A pessoa em questão garantiu-me estar em observância regularmente pois pertence a um serviço das forças militarizadas e fazem testes com regularidade.
    Perante o quadro, agradeço me esclareçam se é possivel ficar contaminada com o virus uma vez que este não se evidencia de uma hora para outra. Assim, e a partir de 7 de Setembro irei realizar as análises anuais onde irão estar presentes estas e outras similares para a verificação do estado global e especifico da minha saude.
    Sou uma pessoa interessada e atenta. Pelo que agradeço uma vez mais a vossa disponibilidade.
    Uma vez mais não pretendo que publiquem o meu anuncio.
  • Imagem de perfil

    APF

    01.09.09

    Cara Morena
    A Equipa do Consultório de Planeamento Familiar agradece novamente o seu contacto e conforme o solicitado a sua questão não será colocada na página do consultório.
    Relativamente à descrição do seu e-mail, não existe motivos para ficar preocupada, isto porque o período de janela do vírus da sida é de 6 a 8 semanas, devendo repetir o exame passado um ano. Encontra-se acompanhada por técnicos do CAD que de certo já a aconselharam e deram toda a informação necessária. No entanto, se tiver dúvidas não hesite e dirija-se de novo ao CAD.
    Se vai de novo fazer exames gerais poderá pedir ao/à técnico/a para prescrever na credencial todas as infecções que são sexualmente transmissíveis, assim ficará descansada com a relação sexual que teve, nomeadamente como o HIV/sida.
    Esperamos ter esclarecido a sua questão, caso necessite ou fique ainda alguma dúvida não hesite em voltar a contactar-nos.
    Cumprimentos
    A equipa

  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.