Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Consultório de Planeamento Familiar

Este consultório tem como objectivo informar, ajudar e orientar os seus utilizadores na área da sexualidade e planeamento familiar.

Consultório de Planeamento Familiar

Este consultório tem como objectivo informar, ajudar e orientar os seus utilizadores na área da sexualidade e planeamento familiar.

Interrupção da toma da pílula contraceptiva

23.03.10, APF

Boa Tarde, Não tomo a pílula Minigeste, desde 06 de Fevereiro de 2010 e o período veio a 10 de Fevereiro. No dia 12 de Março veio o período menstrual, com um ciclo de duração de 30 dias. Tive relações dia 19 de Março sem qualquer protecção. A minha questão é a seguinte: Poderei estar grávida? Obrigado pela atenção

Cara M.

A Equipa do Consultório de Planeamento Familiar agradece o seu contacto.

Quando a mulher decide suspender a toma da pílula contraceptiva, deve consultar e aconselhar-se com o seu médico assistente e, seguir as suas indicações. Se não deseja engravidar, a mulher deve utilizar outro método contraceptivo, nas relações anteriores e posteriores ao dia de paragem dos comprimidos da pílula. Após a paragem na toma da pílula, e sem a dosagem diária de hormonas o organismo volta ao seu ciclo natural, sendo desencadeada uma ovulação. Este processo pode levar mais ou menos tempo, não se conseguindo fazer previsões exactas. Pela situação que descreve pode de facto ocorrer uma gravidez, uma vez que existiram relações sexuais sem protecção. Para saber se ocorreu uma gravidez, pode realizar um teste à urina, 3 semanas após a relação sexual que considera de risco.

Esperamos ter ajudado no esclarecimento da sua questão, se outras existirem poderá voltar a contactar-nos.

Cumprimentos

A Equipa

1 comentário

Comentar post