Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Consultório de Planeamento Familiar

Este consultório tem como objectivo informar, ajudar e orientar os seus utilizadores na área da sexualidade e planeamento familiar.

Consultório de Planeamento Familiar

Este consultório tem como objectivo informar, ajudar e orientar os seus utilizadores na área da sexualidade e planeamento familiar.

Infecções Sexualmente Transmissíveis

09.04.10, APF

Bom-dia! Por favor, me tire essa dúvida, estou muito paranóica.É a seguinte: Vou explicar detalhadamente. Fui ao hemoba doar sangue e lá eles fazem o exame da anemia, onde furou o meu dedo anelar esquerdo bem na pontinha esquerda perto da unha + - 11:30h . Ao sair de lar fui a  peixaria + - às 13:00h, onde tratam o peixe na hora. Não vi o sangue escorrer, mas parece que o funcionário que tratava o peixe se furou com algo, acho que com alguma coisa do peixe mesmo. Acho que se cortou. Estou com uma psicose danada. Depois que ele tratou o peixe ele colocou na sacola e me entregou. Carreguei a sacola na mão esquerda onde o dedo estava furado. Na hora não me lembrei do dedo, depois veio um pensamento na minha mente tipo: caso ele tenha sangrado e ficou algum vestígio de sangue na sacola será que teve contato com meu dedo furado. Por favor, me ajudem. Desta forma há possibilidade de contaminação com aids. Através deste furinho, caso tinha sangue contaminado na sacola, tinha como passar e ter contato com o meu sangue caso o funcionário seja positivo? Outra dúvida é a seguinte: Quando cheguei em casa coloquei a sacola na geladeira, e só peguei umas 6 horas após. Caso tenha sangue e eu toquei com o mesmo dedo furado haverá possibilidade de contaminação ou o vírus já tenha morrido neste período? Pelo amor de Deus me ajude. Isso tirou minha paz, acho que estou ficando maluca.Fiquem com Deus!Neide.

Cara N.,
A Equipa do Consultório de Planeamento Familiar agradece o seu contacto.
As principais vias de transmissão do VIH são o contacto directo entre fluidos sexuais e/ou sangue e transmissão mãe/filho. Por aquilo que nos relata não nos parece ter havido qualquer tipo de contacto pelo facto de não haver uma “porta aberta” do seu lado. Também há toda uma incerteza no que diz respeito à saúde do funcionário. De qualquer forma, e se as suas dúvidas persistirem, pode fazer um teste ao VIH de forma a ficar mais tranquila.
Esperamos ter esclarecido a sua questão, caso necessite ou fique ainda com alguma dúvida não hesite em voltar a contactar-nos.
Cumprimentos
A Equipa

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.