Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Consultório de Planeamento Familiar

Este consultório tem como objectivo informar, ajudar e orientar os seus utilizadores na área da sexualidade e planeamento familiar.

Consultório de Planeamento Familiar

Este consultório tem como objectivo informar, ajudar e orientar os seus utilizadores na área da sexualidade e planeamento familiar.

Esquecimento da pílula

21.11.08, APF

Tenho uma dúvida. Estou a tomar a pílula (Harmonet) e houve um dia que me esqueci de tomar e como tive uma relação sexual, tomei a pílula do dia seguinte. Gostava de saber se posso continuar a tomar harmonet normalmente e se tenho que tomar outros cuidados até ao fim da embalagem, ou se não é necessário e estou protegida desde que não me esqueça de tomar.

 

 

Cara Enfermeira Rosália

Numa situação de esquecimento da toma de uma drageia é importante verificar em que semana ocorreu esse esquecimento e seguir as indicações do folheto informativo. Em caso de dúvida, pode sempre recorrer à ajuda de um técnico de saúde ou telefonar para a Sexualidade em Linha (808 222 003), a fim da situação ser analisada.

Como refere que tomou a contracepção de emergência é porque considerou que a relação sexual que teve foi de risco. Assim, e seguindo as normas, deverá continuar a tomar a sua pílula como habitualmente (não interromper a toma) e utilizar o preservativo durante as 7 tomas consecutivas da pílula, se tiver relações sexuais.

Para melhor esclarecer esta questão, segue as indicações para as situações de esquecimento das pílulas monofásicas (onde está incluída a Harmonet):

Se o atraso for inferior a 12 horas, toma o comprimido assim que der conta do esquecimento e continua a tomar a pílula normalmente, tomando o comprimido seguinte à hora habitual.

 

Se o atraso for superior a 12 horas, esse esquecimento pode comprometer a eficácia da pílula:

 - Se o esquecimento acontecer na primeira semana (do 1º ao 7º comprimido), a eficácia da pílula fica comprometida. Deve ter em atenção se existiram relações sexuais, nos três dias anteriores, pois pode ser necessário recorrer à Contracepção de Emergência. Continuar a tomar os restantes comprimidos da mesma forma e à hora habitual e utilizar o preservativo durante 7 dias (7 dias de toma de pílula consecutivos);

 - Se o esquecimento for na segunda semana (do 8º ao 14º comprimido) deve tomar o comprimido esquecido, prosseguir a toma da embalagem, e não é necessário fazer qualquer protecção adicional;

 - Se o esquecimento da embalagem acontecer na última semana (do 15º ao 21º comprimido) deve ter em atenção se existiram relações sexuais e neste caso tem duas opções para continuar protegida: considerar como sendo o 1º dia de pausa, o dia em que aconteceu o esquecimento da pílula (pára de tomar as drageias que restam) e recomeça uma nova embalagem após os 7 dias de pausa; OU pode optar por não fazer pausa esse mês e iniciar uma nova embalagem assim que terminar a actual (“colagem de embalagens”).

 

Caso surja mais alguma questão, pode voltar a contactar-nos.

Cumprimentos

 

3 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Lou

    18.02.09

    Saudaçoes,

    No final de janeiro,em viagem,minha namorada deixou de tomar,durante um dia,o anticoncepcional,estava entre o 15º e o 21º comprimido.Disse,também, que tomou o medicamento em horarios irregulares.Apos chegar de viagem,continou a tomar o remedio corretamente:houve a pausa e dia 5 de fevereiro retomou a cartela.A menstruação veio dia primeiro de fevereiro.No dia 17 de fevereiro(teoricamente,durante seu periodo fertil) tivemos relação e ejaculei dentro dela.Devido ao uso incorreto da pilula,optamos em usar a pilula do dia seguinte.Ela tomou a pilula 3 horas apos a relação.Entretanto,o segundo comprimido foi tomado com 3 horas de atraso(em vez das 12 hs recomendadas,houve intervalo de 15 horas)
    Eis minhas duvidas:
    1-Esse atraso compromete a eficacia da pilula do dia seguinte?
    2-Ela deve continuar tomando o anticoncepcional ou deve interrompe-lo?
    3-Nesse contexto,há chances de gravidez?
    Mto obrigado
  • Imagem de perfil

    APF

    18.02.09

    Boa tarde
    A equipa do Consultório de Planeamento Familiar agradece o seu contacto.
    Caso a pílula contraceptiva que a sua namorada se encontre a toma seja uma pílula monofásica (drageias de cor única), esse dia esquecido comprometeu a eficácia contraceptiva. Nestas situações, é recomendado seguir as indicações do folheto informativo:
    - Se o esquecimento da embalagem acontecer na última semana (do 15º ao 21º comprimido) deve ter em atenção se existiram relações sexuais e neste caso tem duas opções para continuar protegida: considerar como sendo o 1º dia de pausa, o dia em que aconteceu o esquecimento da pílula (pára de tomar as drageias que restam) e recomeça uma nova embalagem após os 7 dias de pausa; OU pode optar por não fazer pausa esse mês e iniciar uma nova embalagem assim que terminar a actual (“colagem de embalagens”).
    Caso não opte por uma destas situações e não se tenha tido relações sexuais, deve continuar a toma a pílula e, caso tenha relações sexuais, utilizar em simultâneo o preservativo até à 7ª drageia (inclusive) da nova embalagem. Somente a partir da 8ª drageia é que a eficácia da pílula está assegurada.
    Relativamente aos horários irregulares, desde que a sua namorada não tenha ultrapassado a margem das 12h tendo em conta a hora habitual de toma, não é considerado uma situação de esquecimento.
    Não é perceptível se durante esse período ocorreram relações sexuais, sem utilização em simultâneo do preservativo, isto porque até à 8ª drageia da nova embalagem a eficácia da pílula está comprometida.
    Em relação à situação que descreve referente ao dia 17 Fevereiro, se até essa data a toma da pílula foi correcta não era necessário a toma da contracepção de emergência, uma vez que só até à 7ª drageia é que a pílula tinha a sua eficácia comprometida.
    Como informação adicional, a contracepção de emergência deve ser tomada segundo as indicações do folheto informativo, caso não se processe dessa forma é aconselhável falar com um/a profissional de saúde.
    A pílula contraceptiva não deve ser interrompida, salvo indicações médicas ou caso a mulher pretenda engravidar. Nestas situações, mesmo de esquecimentos, a mulher deverá continuar a toma mas utilizando protecção adicional.
    Em caso de dúvida, a sua namorada poderá fazer um teste de gravidez (a partir da relação sexual que tenha sido de risco, realizar o teste à urina passado 3 semanas), isto para despistar uma possível gravidez. Também poderá falar sobre esta situação com o/a seu/sua ginecologista.
    Esperamos ter ajudado no esclarecimento da sua questão, se outras existirem poderá voltar a contactar-nos.
    Cumprimentos
    A equipa
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.