Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Planeamento Familiar

Este consultório tem como objectivo informar, ajudar e orientar os seus utilizadores na área da sexualidade e planeamento familiar.

Consultório de Planeamento Familiar

Este consultório tem como objectivo informar, ajudar e orientar os seus utilizadores na área da sexualidade e planeamento familiar.

Contracepção oral de emergência e efeitos secundários

30.09.09, APF

Muito obrigado pela resposta...
Realmente ando um pouco preocupada, de vez em quando ando enjoada, o peito doí-me um bocadinho e sinto uma impressão qualquer no fundo da barriga (ás vezes dá-me assim uma pontada no lado esquerdo ou direito, parece que é nos ovários mas também já pensei se não será intestinos). Relativamente ao andar enjoada já associei a vários factores, às tomas da PDS, ao facto de ter começado uma nova pílula e por andar a tomar uro-vaxom devido as infecções urinárias que costumo ter. Acho que este último é o principal responsável pelo enjoo. Tomo em jejum e depois quando como fico logo enjoada grande parte do dia. Já experimentei a não tomá-lo durante dois dias e senti-me melhor. Relativamente ao peito, doeu-me bastante no dia a seguir à toma da PDS e ainda me doi (mas muito muito menos) e também nesse dia tive bastantes dores iguais às dores menstruais, é normal? 
Sinto o meu estômago um pouco sensível e também tive alguns gases, acha que será devido às tomas da PDS e ao uro-vaxom? Tenho medo que todos estes sintomas tenham alguma coisa a ver com uma gravidez...
Obrigado pela atenção,
Peço desculpa por recorrer a vós tantas vezes, são mesmo uma grande ajuda. 
 

Cara C.
A Equipa do Consultório de Planeamento Familiar agradece novamente o seu contacto.
Pela situação que descreve relativa à toma da contracepção oral de emergência, da pílula regular e outros medicamentos, na verdade é natural que se sinta um pouco indisposta, visto ter vários medicamentos em circulação no organismo. Em relação ao “Uro-Vaxom”, se tiver que o tomar mais vezes, pode pedir ao/à seu/sua médico/a assistente outro medicamento para protecção da mucosa gástrica.
Por outro lado e para ficar mais descansada relativamente a toda essa sintomatologia, pode realizar um teste de gravidez, à urina, 3 semanas após a relação sexual que considerar de risco. 
Caso necessite ou fique ainda alguma dúvida não hesite em voltar a contactar-nos. 
Cumprimentos 
A Equipa