Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Consultório de Planeamento Familiar

Este consultório tem como objectivo informar, ajudar e orientar os seus utilizadores na área da sexualidade e planeamento familiar.

Consultório de Planeamento Familiar

Este consultório tem como objectivo informar, ajudar e orientar os seus utilizadores na área da sexualidade e planeamento familiar.

Candidíase vs transmissão

03.10.09, APF

Se eu estiver com candidiase, e o meu companheiro me fizer sexo oral, a candidiase pode-se apegar na boca dele? e no pénis dele?O que senti hoje foi um ardor assim que passei o gel de higiene intima no orificio vaginal....não entendo, acabei o tratamento á duas semanas....
 

Cara D.
A Equipa do Consultório de Planeamento Familiar agradece novamente o seu contacto.
A candidíase vaginal não é uma infecção que se transmita por via sexual, pelo que em princípio não representa nenhum risco a prática de sexo oral. No entanto, frequência constante de relações sexuais está relacionada com o aparecimento de candidíase vaginal. Em caso de infecção é melhor não ter relações sexuais e em caso de múltiplas recaídas é aconselhável o uso de preservativo.
Em relação aos sintomas estes podem levar a um ardor vulvar e vaginal, intenso, associado a um corrimento esbranquiçado com aspecto de leite coalhado. Em algumas situações estes sintomas podem estar associados a sensação de queimadura ao urinar e dor durante as relações sexuais (dispareunia).
Em caso de resistência ao tratamento tópico, poderá estar recomendado a utilização de fármacos antimicóticos por via oral, bem como o tratamento do companheiro.
Sempre que necessite não hesite em voltar a contactar-nos.
Cumprimentos
A Equipa

1 comentário

Comentar post