Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Consultório de Planeamento Familiar

Este consultório tem como objectivo informar, ajudar e orientar os seus utilizadores na área da sexualidade e planeamento familiar.

Consultório de Planeamento Familiar

Este consultório tem como objectivo informar, ajudar e orientar os seus utilizadores na área da sexualidade e planeamento familiar.

Dúvidas sobre uma infecção

07.11.09, APF

Bom dia, antes de mais  gostaria de partilhar com vocês o meu problema e se possível receber uma ajuda.
Há dias andava com um corrimento estranho e depois ,cerca de 2 dias,  comecei a sangrar. Fui ás urgências e a médica de obstetrícia disse-me k tinha uma ferida. Aconselhou-me a ir á médica de família para k me fosse feito o papanicolaou. Como eu tenho vários casos na família de cancro, não iria esperar pelo dia seguinte para falar cm a minha médica. Fui á ginecologista k me disse k o melhor seria queimar a ferida. Assim o fez logo naquele instante e receitou-me uma medicação. Disse-me também que teria de fazer o papanicolaou daqui  a 1 mês para saber como estavam as coisas e que tudo iria correr bem. Acontece que estive a pesquisar sobre este tema e fiquei assustada quando li que, em certos casos pode-se tornar num tumor. A verdade, é k estou cheia de medo pois sou casada e em certos dias após ter relações , eu e o meu marido verificávamos k tínhamos sangue, o que não é normal. Gostaria , por favor, que me ajudassem, sei que sem o exame do papanicolaou será difícil dizer algo mais concreto mas, será que posso estar com cancro?

 

Cara D.
A Equipa do Consultório de Planeamento Familiar agradece o seu contacto.
O Consultório de Planeamento Familiar tem como objectivo informar, ajudar e orientar os seus utilizadores na área da sexualidade e planeamento familiar. Não faz parte do âmbito deste consultório realizar diagnósticos por e-mail, por este motivo, não nos é possível responder à sua questão. O seu e-mail carece de informação, que tipo de ferida tinha, qual a sua origem, qual o tratamento que teve, qual o diagnóstico apresentado pela médica que a observou, entre outras questões.
Assim, será aconselhável que fale com a sua ginecologista sobre todas as suas dúvidas e receios.
Esperamos ter esclarecido a sua questão, caso necessite ou fique ainda com alguma dúvida não hesite em voltar a contactar-nos.
Cumprimentos
A Equipa

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.